Notícias — 26 março 2013

Brasília - As ações do Estado em promover iniciativas que possam colaborar com o desenvolvimento de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no País estão ganhando destaque junto à pasta do Ministério (MCTI), em Brasília-DF. O exemplo ocorreu na última semana, quando o Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de CT&I (Consecti) iniciou uma articulação com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) para transformar o Sistema de Indicadores do Amazonas (Sion-AM) em uma plataforma nacional.

O encontro entre as instituições aconteceu durante visita ao MCTI para a apresentação do novo presidente do Consecti, Jair Péla, ao Ministro Marco Antonio Raupp. Na ocasião, o secretário de CT&I do Amazonas, Odenildo Sena, reuniu-se com o presidente da RNP, Nelson Simões, que se mostrou bastante interessado em transformar o Sion-AM – projeto desenvolvido pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) e Secretaria de Estado de CT&I (Secti-AM) – num sistema de indicadores nacional, denominado de Sion-BR.

Após o interesse, Sena levou a boa notícia ao ministro Raupp e ao secretário executivo do MCTI, Luiz Antonio Elias, que também demonstraram bastante interesse, e afirmou que o MCTI irá financiar a montagem de um Sion nacional. A RNP será a executora e responsável por adequar a plataforma e o trabalho será realizado em parceria com os pesquisadores da Ufam e coordenadores do projeto. “O Sion nacional é uma vitória do Amazonas. Isso é uma demonstração que, mais uma vez, ações desenvolvidas no estado estão saindo na frente”, afirmou Sena.

PCTI Amazônia também foi tema da reunião

Durante a visita ao MCTI, Sena também comentou com o Ministro Raupp sobre a elaboração do Plano de Ação em CT&I para a Amazônia (PCTI/Amazônia) para os próximos 20 anos. Na ocasião, foi dito que o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) tem feito visitas aos estados participantes e que no Amazonas, a reunião está prevista para o dia 05 de abril.

O ministro Raupp solicitou urgência na elaboração do PCTI. “O plano é uma coisa inédita. Nunca houve uma ação desta natureza, um plano com perspectiva de 20 anos. Paralelo à confecção do projeto, já estamos reunindo bancos interessados em ouvir as propostas, como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o da Amazônia (Basa) e o de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)”.

Ideia é fazer lançamento simbólico na SBPC

A ideia do ministro Raupp é fazer o lançamento simbólico do Sion-BR e do PCTI/Amazônia na 65ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que acontece de 21 a 26 de julho, em Recife-PE.

Vantagens de um sistema de indicadores nacional

Com o Sistema de Indicadores OnLine nacional, todos os estados poderão dispor de informações sobre ações e investimentos feitos pela política pública de CT&I no Brasil.

Sena destaca a economia de recursos com a expansão para uma plataforma nacional. “Diminui-se tanto os custos quanto o trabalho, pois os estados terão que se adaptar ao sistema. Os estados tabulam os seus dados e os enviam para alimentar o sistema nacional”.

 

Fonte: Agência FAPEAM

Compartilhar

Sobre o Autor

Intermais