Notícias — 17 janeiro 2014

Rio de Janeiro – Nesta quinta-feira (16), cerca de 30 estudantes das faculdades Universidade Gama Filho e da UniverCidade, do Rio de Janeiro se reuniram ao lado do Palácio do Planalto, para falar sobre a situação das transferências dos alunos para outras repartições.

Segundo o ministério o motivo é financeiro, e ainda não foi solucionado uma forma que estabilize a situação dos jovens estudantes, além da crescente precarização da oferta da educação superior.

Os estudantes queriam reunir e abordar o assunto com a Presidente Dilma Roussef, mas a acessoria do Ministério da Educação, é único órgão responsável para deliberar sobre esse assunto.

De acordo com a assessoria do MEC, participarão da reunião uma comissão de estudantes, representantes do ministério, um representante da União Nacional dos Estudantes (UNE) e um do Ministério Público Federal.

Isso decorreu da decisão do Ministério da Educação descredenciar a Universidade Gama Filho e o Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), ambas no Rio de Janeiro, por decisão do colegiado Superior da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior.

As duas instituições já estavam com o vestibular suspenso pelo ministério e, agora, não podem ser reabertas.

Os estudantes querem que as instituições sejam federalizadas e são contra uma transferência assistida para outras universidades brasileiras, proposta pelo Ministério da Educação.

 

 

Fonte: G1

Texto: Vitória de Liz e Fernanda Melo

Compartilhar

Sobre o Autor

Intermais

(0) Comentários dos Leitores

Comments are closed.