Campus Notícias — 07 fevereiro 2015

Manaus - A Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (ARII) da UFAM promoveu, na última terça-feira (3), um bate-papo sobre mobilidade estudantil, além de apresentar alguns dos projetos de mobilidade dos quais a universidade faz parte, o evento também contou com a apresentação dos resultados do PIBEX – Pesquisa de opinião: mobilidade e internacionalização da UFAM, desenvolvido pelas alunas Mariana Filizola, do 6º período, e Mariana Pontes, do 4º período, ambas do curso de Comunicação Social – Relações Públicas.

As alunas apresentaram os dados da observação, que foi feita por meio da plataforma Google FormsTM, a pesquisa foi realizada com 302 estudantes da universidade, e elaborou um perfil dos alunos interessados em mobilidade estudantil. Os resultados mostraram que a maioria era dos cursos de Ciências Humanas e tinha domínio da língua inglesa, porém uma grande parcela dos interessados não tinha qualquer vínculo com a universidade além do próprio curso de graduação, ou seja, não estavam envolvidos em projetos de pesquisa, ou extensão. Já a pesquisa realizada com os professores, envolveu 42 profissionais, e concluiu que a maior parte dos que estavam interessados nos programas de mobilidade também eram dos cursos de Ciências Humanas, além de serem docentes de carreira na universidade, com domínio da língua inglesa e doutores.

A pesquisa ainda analisou os motivos pelos quais alunos e professores desejavam participar de programas de mobilidade, na opinião dos discentes os principais motivos foram complementar suas formações e conhecer novas culturas. Já os professores afirmaram que suas ambições eram, além da mobilidade, desenvolver novos projetos de pesquisa e crescimento profissional.

Na segunda parte do evento, o professor Ph.D Naziano Filizola, apresentou algumas das diretrizes da ARII, além de discorrer sobre alguns dos programas de mobilidade dos quais a UFAM é participante. Durante seu discurso fez questão de destacar o grande potencial acadêmico dos programas de mobilidade, além de apontar a evolução no número de alunos inscritos, não apenas nas mobilidades OUT, que é como são chamados os envios de alunos para outras universidades, mas também as mobilidades IN, que ocorrem quando alunos de outros locais ingressam na UFAM.

 

Texto: Paulo Moura

Revisão: Karen Leão

Compartilhar

Sobre o Autor

Intermais

(0) Comentários dos Leitores

Comments are closed.